Jejum Intermitente: Fazer Ou Não Fazer, Eis A Questão

Que o jejum intermitente entrou na moda depois que a atriz Deborah Secco revelou que é adepta, todo mundo já sabe. Mas, será que ele faz bem para a saúde? Quais são os cuidados que uma pessoa deve tomar antes de iniciar este tipo de dieta?

A resposta destes questionamentos e muito mais você vai encontrar aqui neste texto, pois chamamos a Dra. Henyse Valente, endocrinologista, que possui um consultório médico na Barra da Tijuca, para tirar todas as dúvidas sobre o Jejum Intermitente.

De acordo com a endocrinologista, deve ser considerada uma série de variáveis, tais como o estado de saúde, idade, sexo, gravidez, entre outras situações para que o jejum intermitente seja iniciado. Um profissional especializado deverá avaliar os riscos envolvidos e recomendar ou não este tipo de tratamento.

“Até o momento, a dieta do jejum intermitente surge como uma opção motivacional, indicada para aqueles que têm dificuldades em aderir uma dieta restritiva. Estudos adicionais deverão ser feitos para que esta modalidade de dieta seja indicada ou contraindicada”, segundo a Dra. Henyse Valente.

Há indicações de jejum intermitente de 12h e até mesmo de 24 horas, dentro deste contexto, haveria um descontrole da glicemia. No entanto, a dieta do jejum intermitente pode ser realizada por um diabético, por exemplo, desde que ele esteja sendo orientado por um profissional capacitado.

A Dra. Henyse aproveita para destacar que é preciso fazer uma primeira análise para descobrir qual é o tipo de diabete que o paciente possui, pois nem todo diabético tem resistência à insulina. “Devemos individualizar o tratamento. Outro ponto importante a ser analisado é que o jejum intermitente, como forma de melhor controle metabólico ou de redução de peso é uma escolha. Portanto tudo envolve sempre uma avaliação de riscos e benefícios”, alerta.

Alterações hormonais durante o Jejum Intermitente:

Há uma redução na resistência insulínica, muito justificada pelo aumento na concentração de adiponectina, proteína produzida por adipócitos, aumento do hormônio do crescimento, do cortisol e hormônios adrenérgicos, de acordo com a Dra. Henyse.

Entretanto, a grande maioria dos estudos feitos até o presente momento não mostra diferenças significativas entre esta modalidade de dieta e a dieta hipocalórica tradicional, por exemplo. “Os estudos que envolvem jejum intermitente têm número de participantes sempre muito reduzido e intervenção feita em pequenos períodos, o que os torna, em princípio, inconclusivos e discordantes”, garante a endocrinologista.

É verdade que no jejum os níveis de GH aumentam, bem como outros hormônios como cortisol e noradrenalina. Esta é a nossa fisiologia. Entretanto, os estudos não mostram diferenças significativas em relação a queima de gordura e ao ganho de massa muscular, quando comparadas a dieta hipocalórica tradicional e aquela envolvendo o jejum intermitente. Sendo assim, qualquer pessoa que queira fazer esta modalidade de dieta deve passar por avaliação de um profissional capacitado antes de tudo.

Dra Henyse Valente aproveita para destacar que “todo tratamento envolve um plano terapêutico consensual, no qual as vantagens e desvantagens, os riscos e benefícios, devem ser pactuados. Por tanto, oferecer esta modalidade terapêutica deve fazer parte desta pactuação. Qualquer estratégia que motive e não traga prejuízos ao paciente é importante”.

Por isso que é muito importante não iniciar tratamentos sem que um especialista tenha analisado o seu caso, afinal de contas, as dietas malucas da internet não são milagrosas. Tomem cuidado ao procurar uma maneira de emagrecimento somente porque um artista iniciou ou foi indicação de um amigo. Sua saúde correria risco. Procure um nutricionista e um endocrinologista para iniciar o jejum intermitente, se for da sua preferência e evite tomar remédios sem prescrição médica.

Dra. Henyse Valente – Endocrinologista

Consultório – Rio de Janeiro

Av. das Americas, 3434 – 302/Bl.5 (Barra da Tijuca). 22640-102 Rio de Janeiro
Telefone: 3431-3848

Share This:

Dieta Low Carb: Como Fazer, Quais Benefícios e Contras? Descubra Aqui:

O que muita gente já sabe é que a dieta low carb dá resultados positivos, agora o que elas não descobriram ainda é como fazer com que estes efeitos realmente deem certo. Exatamente por este motivo é que convidamos a nutricionista Dra. Fernanda Gandra, da CT Nutrição, para falar um pouco sobre os prós e contras da low carb.

De maneira superficial entendemos, assim como sugere o nome, que a low carb é uma dieta que objetiva diminuir a quantidade de carboidratos ingeridos por um indivíduo, fazendo com que ele consiga emagrecer a partir do gasto energético das gorduras estocadas no corpo.

Entretanto, é muito mais do que isso. Podemos considerar que este raciocínio, apesar de correto, é apenas o começo de uma estrutura alimentar que só pode ser desenvolvida de uma maneira segura e eficiente por um especialista no assunto, no caso os nutricionistas. Pois do contrário, uma pessoa que inicia este tipo de dieta por conta própria pode acabar causando efeitos colaterais irreversíveis.

De acordo com a Dra. Fernanda Gandra, “existem vários tipos de dieta low carb. Há aquelas em que o carboidrato é substituído por proteína, outras em que a substituição é feita por lipídios. O principal objetivo destas dietas é diminuir a produção de insulina e fazer com que o corpo utilize a gordura como fonte de energia”, explica a nutricionista.

Na dieta low carb, a ingestão diária de carboidratos representa cerca de 20% do total de calorias ingeridas. Existe restrição de carboidratos simples (como açúcar) e complexos (como amido). Já em um plano alimentar convencional o consumo de carboidratos deve ficar entre 45-55% do total de nutrientes ingeridos no dia, representando a base da pirâmide alimentar (composta por pães, massas, cereais, etc).

Existe uma quantidade exata de quilos que a low carb enxuga?

A especialista não acredita que seja possível realizar este tipo de estimativa, já que o sucesso de uma dieta depende da disciplina e do metabolismo de cada pessoa. Os resultados podem variar de acordo com a alimentação que o indivíduo tinha antes de iniciar a low carb. Sendo assim, esta estaria mais propensa em fornecer melhores resultados a pessoas ‘viciadas em carboidratos’ (aqueles processados, a base de farinha branca) do que outras pessoas que não tem este hábito.

Por isso mesmo que se faz extremamente necessário consultar um nutricionista da sua confiança para que um plano alimentar eficiente possa ser construído e aliado a hábitos de vida saudáveis. Inclusive no que tange às atividades físicas, pois se a low carb for feita corretamente, a energia de que a pessoa precisa para malhar, por exemplo, advirá da proteína ou da gordura prescrita na dieta.

Dieta Low Carb deve ser monitorada por um profissional:

Sendo assim, é arriscado uma pessoa iniciar este tipo de dieta por conta própria, afinal de contas, um de seus pontos negativos é uma sensação de fraqueza, nos primeiros dias, uma vez que o corpo utiliza a gordura ou proteína como fonte de glicose. O procedimento de elevar os níveis de glicose ocorre mais lentamente, gerando este incômodo em algumas pessoas.

Sem contar que “quando a substituição (por gordura ou proteína) não é feita corretamente, a ingestão calórica diária pode ser reduzida, causando efeitos colaterais permanentes. Em longo prazo, pode ser prejudicial para os rins e para o coração, já que a ingestão excessiva de gordura saturada por longos períodos pode acarretar dislipidemias entre outros problemas cardiovasculares”, enfatiza Fernanda.

Alimentos que são restringidos nas dietas low carb:

Cerca de 30% de carboidratos ficam restritos, tais como

  • Açúcares
  • Pães
  • Massas
  • Farinhas

Portanto, a fonte de carboidrato que o corpo obtém é a partir de frutas e vegetais. Contudo esta porcentagem não é algo fixa, segundo a nutricionista, pois é “preciso conhecer e respeitar a individualidade bioquímica e a partir disso traçar um plano low carb para o paciente”, descreve a doutora.

Benefícios da Dieta Low Carb:

“Em minha opinião, a redução de carboidratos é saudável quando esta é acompanhada por uma reeducação alimentar e hábitos saudáveis. A dieta low carb tem se mostrado eficaz na perda de gordura corporal e é muito vantajosa tendo em vista o crescente aumento da ingestão de carboidrato. Mas deve ser feita com orientação profissional”, de acordo com a especialista.

Para Fernanda Gandra, não é mais saudável a substituição do nosso pãozinho integral com queijo por um prato com ovos, bacon e manteiga, por exemplo, e aproveita para incentivar a substituição do pão de farinha de trigo pelo pão de farinha de amêndoas, a lasanha convencional pela lasanha de berinjela… Entre outros exemplos.

CT Nutrição e Minha Nutri fecham parceria e lançam curso:

A nutricionista Luma Monteiro, da assessoria em nutrição Minha Nutri, acaba de fechar uma parceria muito interessante com a CT Nutrição, que é uma empresa que oferece cursos e treinamentos em Nutrição com o objetivo de levar conhecimentos científicos e atuais.

Luma ministrará o ‘Curso Prático de Pães e Bolos Low Carb e Funcionais para Leigos’, que terá início no dia 16 de setembro de 2017. As informações sobre matrículas e investimento serão fornecidas em breve no instagram da Minha Nutri (@minhanutri) e do CT Nutrição (@ctnutricaobrasil)

Share This:

Conheça Os Tratamentos Estéticos Visam Eliminar Gorduras Localizadas

Tratamentos estéticos sempre fazem a cabeça das mulheres, entretanto os homens também estão, a cada dia, buscando se cuidar ainda mais. Hoje, aqui no blog Minha Nutri nós vamos falar um pouco mais sobre estes tratamentos, quais são os seus principais benefícios e como eles podem ajudar a melhorar a autoestima.

Sabemos que muitas pessoas recorrem a tratamentos com o objetivo de emagrecer e perder gorduras localizadas, exatamente por este motivo que este mercado tem crescido vertiginosamente, pois é uma forma mais acessível, se comparado a intervenções cirúrgicas, de se obter resultados positivos no corpo.

Nunca Descuide da Sua Alimentação:

Claro que uma boa alimentação realizada a partir de uma reeducação alimentar saudável é essencial para todas as pessoas, contudo, há certas ‘cicatrizes’ que permanecem no corpo por mais tempo e é difícil de eliminar mesmo com dieta e disciplina. Estamos falando das famosas e temidas gorduras localizadas, que tanto incomodam as mulheres.

A nutricionista Luma Monteiro alerta para o fato de que é extremamente importante continuar mantendo os hábitos saudáveis, mesmo que os tratamentos façam efeito e proporcione resultados positivos, uma alimentação correta e balanceada vai potencializar ainda mais o emagrecimento consciente, sem contar que quando abordamos a questão de comer bem, ou seja, de forma nutritiva, também estamos falando de manter a saúde e aumentar a qualidade de vida. De maneira que uma coisa não substitui a outra, mas se complementam.

O que é e como funciona a Criolipólise?

De acordo com a Marcela Malta Di Napoli, gerente do espaço +Olhar, localizado no Shopping Barra World, a Criolipólise, por exemplo, é a onda da moda entre as celebridades, pois é um tratamento que congela as células de gordura e pode eliminar até 30% deste tecido adiposo em uma única área.

“Podemos comparar o seu resultado com uma lipoaspiração, pois este procedimento elimina as células de gordura, como na lipo. Em outros tratamentos as células somente ficam murchas, mas ainda permanecem na região, já com a Criolipólise elas desaparecem. A diferença é que sem cirurgia é muito mais barato. Com tudo isso, não tem como não se encantar com o procedimento, todo mundo quer fazer”, avalia Marcela Malta.

Além deste tratamento, o + Olhar também oferece aos seus clientes os serviços de:

  • dermo pigmentação de sobrancelhas (inclusive a técnica Microblading)
  • alongamento de cílios (3D e Volume Russo)
  • design de sobrancelhas
  • henna
  • coloração de cílios e de sobrancelhas
  • permanente de cílios
  • desondulação de sobrancelhas
  • limpeza de pele
  • depilação a cera
  • manicure
  • criolipólise
  • drenagem linfática e massagens.

Ainda segundo a gerente Marcela, os homens também buscam tratamentos estéticos em seu espaço na Barra da Tijuca, pois os homens também querem levantar a sua autoestima a partir de cuidados pessoais, sem contar que “a mulhereda valoriza mais o homem que cuida da sua aparência. Qual mulher não gosta de desfilar com um gato do seu lado?”, questiona Marcela.

Os serviços mais procurados pelos homens são: limpeza das sobrancelhas, depilação, limpeza de pele e criolipólise.

Para quem ficou curioso e quer conhecer o espaço + Olhar, procure pelos profissionais qualificados no Shopping Barra World, setor Alemanha, sala 231b. Funcionamento de terça a sexta, das 10h às 20h e sábados das 13h30 às 19h.

Telefones: Tels: 3579-3779 | Whatsapp: 98710-0088 | http://www.maisolhar.com.br/

 

Assessoria de imprensa Minha Nutri – comercial.minhanutri@gmail.com

Share This:

Cultura do Desperdício: Como o Assessor Em Nutrição Pode Contribuir Para Reduzir Custos

A questão da sustentabilidade, apesar de estar saturada em meio à sociedade, ainda é essencial para a manutenção da mesma, afinal de contas, é o papel de cada um de nós e das empresas que irá fazer uma grande diferença para os recursos naturais, imprescindíveis para nós, seres humanos.

E quando estamos falando em sustentabilidade, estamos falando desde o restaurante que cuida do óleo usado para que seja descartado de maneira ecologicamente correta, mas também os escritórios que não pensam em políticas internas que otimizem os custos da empresa, tais como o uso de papeis para entrega de documentos que podem ser facilmente substituídos por e-mail ou o uso de descartáveis, tais como copos de plástico que são comprados todos os meses para suprir uma demanda que poderia ser sanada com a entrega de canecas ou garrafinhas para cada funcionário. E isso é somente parte de todo um processo que pode ser pensado de forma mais assertiva.

Tendo tudo isso em mente, convidamos o diretor da Magma Consultoria, Antônio Sérgio Maia que nos explicou quais são as principais atitudes que uma empresa precisa ter para redução de custos: “conhecer os itens que compões estes custos, pensando na redução dos custos fixos e de alternativas sem que isso comprometa a atividade principal da organização é o primeiro passo. Depois deve-se incrementar a receita da empresa, avaliar e solicitar orientação profissional para caminhos tributários alternativos de substituição e redução de impostos, bem como incentivos tributários. Além de propor alternativas para aquisição de insumos sem comprometer a qualidade do empreendimento”, afirma o diretor.

Qual a importância do assessor em nutrição para uma empresa cujo nicho é comércio de alimentos e bebidas?

Dentro deste contexto, se afunilamos os setores que tem papel primordial nesta evolução da consciência a respeito da sustentabilidade, os nutricionistas tem função essencial neste nicho, afinal de contas, o ramo de alimentos e bebidas lida diretamente com estes profissionais que assessoram e prestam consultorias as estas empresas que necessitam aprimorar seu negócio.

Por isso que, segundo Antônio Sérgio, o assessor em nutrição precisa orientar e capacitar os demais atores desta cadeia produtiva nos temas pertinentes aos produtos comercializados, sendo assim, o cuidado ambiental que a empresa deve ter é parte de um sistema que deve ser integrado com objetivos alinhados, portanto, as partes interessadas acabam obtendo vantagens indiretas, tais como benefícios fiscais e adequação jurídica e vantagens diretas com seus clientes ou consumidores.

“A especialização do assessor em nutrição passa pelas seguintes áreas, tais como: Qualidade de Alimentos Industriais, Processos Industriais de Alimentação (cadeia produtiva) e/ou Consultoria na ponta do mercado direto ao consumidor e Geração e administração dos resíduos. A divulgação desse trabalho tem que ser estrategicamente pensada utilizando o Marketing como ferramenta de divulgação, além de pesquisa de mercado focado no público alvo”, pontua Antônio Sérgio Maia.

Portanto, se o nutricionista está pensando em enveredar por este nicho, precisa saber que há muito trabalho pela frente, mas o retorno é garantido. Segundo Antônio Sérgio, as empresas brasileiras já se deram conta deste tipo de ação mesmo que de forma tímida, mas o assessor em nutrição pode ser o especialista que poderá mudar esta cultura do desperdício dentro do setor de alimentação e bebida.

Share This:

Cirurgia Plástica: Descubra os Benefícios e Tire Todas as Suas Dúvidas

Com o advento da tecnologia, a cirurgia plástica se aperfeiçoou e, hoje em dia, é possível realizar diversas intervenções de uma maneira bastante prática e eficiente, com bons resultados para o paciente. Se antes era quase de consenso geral afirmar que uma cirurgia plástica era perigosa, atualmente é justamente o contrário, obviamente que existem os riscos, porém o avanço tecnológico e o aprimoramento de técnicas menos invasivas fizeram com que as plásticas se tornassem algo muito mais seguro e, consequentemente acessível.

De acordo com o Dr. Bernardo Ramalho, cirurgião plástico que atende na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, “realizar cirurgia plástica em uma pessoa é como transformar o sonho dela em realidade. Por isso é muito prazeroso. Temos a oportunidade de operar uma paciente que batalhou para perder peso (às vezes em torno de 40kg), e após essa batalha há sobra de pele; então nada mais justo que realizar a cirurgia para ver a paciente feliz com o seu corpo novamente”.

As mulheres estão muito mais abertas a transformarem seu corpo:

Principalmente aquelas que moram em cidades como o Rio de Janeiro, com muitas praias, afinal de contas, são lugares onde os corpos ficam mais expostos e, consequentemente há uma preocupação maior com a aparência neste sentido.

Dados levantados do consultório do Dr. Bernardo, revelam que 80% do resultado a ser atingido depende da cirurgia, porém os outros 20% depende muito do paciente. É no pós operatório que os pacientes irão precisar ficar de repouso, evitar banhos de sol e realizar as trocas de curativo de acordo com as recomendações do médico, “caso não siga as instruções do seu cirurgião, o resultado pode ser prejudicado. A alimentação é fundamental tanto antes quanto após a cirurgia, inclusive influenciando no processo de cicatrização”, ressalta o cirurgião plástico que realiza atendimento às terças feiras, no Le Monde Office, situado na Av. das Américas, Barra da Tijuca.

Todas as pessoas podem fazer cirurgias plásticas?

As pacientes candidatas a uma cirurgia plástica de contorno corporal (lipoaspiração, abdominoplastia, lipoescultura, mamoplastia redutora) devem estar com o IMC (índice de massa corpórea) inferior a 30; Caso a paciente seja obesa, cirurgia é contraindicada e a paciente é encaminhada a uma nutricionista para que retorne quando o peso estiver próximo do ideal. Além da questão do peso, as pacientes devem estar minimamente saudáveis para serem submetidas a uma cirurgia. Logo, alguns exames pré operatórios são solicitados para garantir a segurança dos pacientes durante a cirurgia, minimizando os riscos de complicações.

Segundo a nutricionista Luma Monteiro, da assessoria em nutrição Minha Nutri, quando as pacientes são encaminhadas para perder peso com o propósito de realizar cirurgias plásticas, um plano de alimentação é montado de forma personalizada valorizando os alimentos funcionais que ajudarão a manter a saúde em dia enquanto o processo de emagrecimento está em andamento, bem como servirão de nutrientes para ajudar no processo de cicatrização e na prevenção de doenças.

Que tipo de cirurgia plástica é mais procurada pelas mulheres?

Dr. Bernardo Ramalho atenta para o fato de que cerca de 85% de suas pacientes visam a estética, ou seja, buscam melhorar a beleza e a autoestima; principalmente no Rio de Janeiro, pois é um lugar onde as pessoas se expõem muito a praia e os corpos sempre estão em aparência. “Atualmente as pessoas cuidam de sua saúde de maneira mais eficiente do que gerações anteriores, com isso o grau de exigência aumenta; e com a tecnologia cada vez mais rápida e eficiente, as pacientes buscam os resultados mais precoces querendo retornar ao trabalho no dia seguinte a cirurgia (o que nem sempre é possível)”, ressalta.

As cirurgias plásticas mais procuradas na clínica do Dr. Bernardo são a mamoplastia de aumento (prótese de silicone) juntamente com lipoaspiração. Porém, muitas pacientes também procuram por procedimentos não cirúrgicos, como toxina botulínica (Botox) e preenchimento com ácido hialurônico.

Serviço: 

Você pode acompanhar as postagens do Dr. Bernardo em sua Página do Facebook: “Dr Bernardo Ramalho – Cirurgia Plástica”, instagram @drbernardoramalho ou pelo site: www.bernardoramalho.com.br.

 

CIRURGIÃO PLÁSTICO / MEMBRO DA SBCP
CRM: 52.88123-6
Av das Américas 3500, bloco 6 (Ed. Hong Kong 2000)- sala 510
Le Monde Office – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro
TEL: (21) 98867-3070 / 3030-1506/ 2431-2443 / 97143- 1271

Share This:

Como é o trabalho do Sommelier? – Entenda Como Funciona o Mercado:

Um sommelier é o profissional que possui conhecimento sobre destilados, cerveja, chá, café e até mesmo charutos. Há quem pense que este especialista deve saber somente sobre vinhos, no entanto, aquele velho modelo conhecido popularmente, que segurava a carta de vinhos e discorria frases prontas e gravadas sobre os produtos já não cabe mais no meio. Atualmente, o trabalho do sommelier aumentou conforme a demanda do nicho que exige também outras competências para alavancar suas vendas, logo, se destaca mais quem possui, também, entendimento humano e de mercado.

De acordo com Marlene Souza, professora do curso de sommelier do Senac RJ, “hotel, restaurante, catering (fornecimento de comida preparada, tais como alimentos e bebidas), precisa de um sommelier com habilidades e conhecimentos profundos que saibam criar, atualizar carta de vinhos, administrar estoques, adegas e o marketing da empresa”.

Para Marlene, o vinho já conquistou o lugar dele no Brasil e, hoje em dia, o consumidor tem mais curiosidade no que tange a dimensão cultural do vinho. “A vinicultura brasileira melhorou com a consistência dos nossos espumantes, por exemplo, tanto em qualidade como em consumo”, ressalta.

O Mercado de Trabalho Para o Sommelier:

Aula de degustação de cervejas artesanais no Senac RJ
  • Hotéis
  • Restaurantes
  • Salões
  • Supermercados
  • Lojas Especializadas
  • Companhias Aéreas, Marítimas
  • Bares

Ou seja, todo o segmento de comércio que manipule alimentos e bebidas. Sendo assim, o mercado de trabalho para este especialista é amplo em qualquer lugar do mundo, dependendo da sua especialidade e conhecimento sobre o assunto. Afinal de contas, quanto mais amplo o nicho, mais necessária se faz a especialização para projeção do profissional, pois o destaque de conhecimento é que fará a diferença nas contratações.

Curso do Senac RJ Oferece Treinamento Para Sommelier:

Luma Monteiro e seus colegas de curso de Sommelier no Senac RJ

Segundo Marlene Souza, o curso do Senac  é técnico e qualquer pessoa com segundo grau completo pode participar, as inscrições são feitas pelo site do Senac.

“Todas as aulas tem de 03 a 04 vinhos para análise organoléptica, em que é visto as castas, o meio onde as videiras crescem, vinificação, harmonização e os países de Vinhos de Velho Mundo, bem como os países do Novo Mundo. Há também uma aula de conhecimento de cerveja, além de destilados e café”, relata a professora.

Para a nutricionista Luma Monteiro, que está terminando o curso na unidade da Barra da Tijuca, “O curso tem uma abordagem completa passando pelo terroir (plantio), tipos de uvas e vindimas (colheita), tipos de produção de vinhos, vinhos característicos de cada país do mundo, harmonização,  até chegar a mesa do consumidor. Além do trabalho técnico de como apresentar o vinho, abrir uma garrafa, temperatura ideal de servir um vinho e tipos de taças’.

O curso de sommelier tem duração de 6 meses e as inscrições podem ser feitas através do site oficial do Senac RJ.

 

Assessoria de Imprensa Minha Nutri – comercial.minhanutri@gmail.com

 

Share This:

Consumo de Ômega 3: Benefícios Para o Cérebro e Para o Coração

O ômega 3 é uma gordura considerada poli-insaturada, ou seja, ela faz parte da família dos ácidos graxos compostos de três variedades: ALA (alfa-linolênico), EPA (ácido eicosapentaenoico) e DHA (ácido docosahexaenoico). Um dos seus principais objetivos é a proteção da saúde cerebral e cardiovascular.

O DHA e o EPA são encontrados nos animais marinhos, enquanto o ALA pode ser encontrado em vegetais, tais como linhaça e chia. O consumo de ômega 3 é muito importante para o organismo, pois estes ácidos graxos são considerados essenciais para o corpo humano, justamente porque ele não é capaz de produzir sozinho, ou seja, a única forma de um indivíduo gerar este nutriente é ingerindo alimentos que contenham ômega 3.

Por possuírem uma função extremamente nobre ao corpo humano, há muitos benefícios para os neurônios e para o coração. De acordo com o Claudio Marcio, proprietário da empresa Nutra World, “estudos científicos relatam que pacientes com depressão, que além dos antidepressivos prescritos e que consomem ácidos graxos ricos em ômega-3, tiveram uma grande melhora nos sintomas se comparados com aqueles que tomavam apenas os antidepressivos. Outras pesquisas científicas recentes têm mostrado que pessoas que consomem muitos peixes oleosos melhoram a pontuação em testes de memória e de concentração, têm menos chances de desenvolver a doença de Alzheimer além de que pessoas com artrite reumatoide que consomem óleo de peixe foram capazes de reduzir a dose de medicamentos anti-inflamatórios não esteroides”, relata.

Benefícios do Ômega 3 para o coração:

  • Faz bem para o coração porque regula as atividades das plaquetas sanguíneas, além de reduzir os níveis de triglicérides e prevenindo arritmias.
  • Recentes pesquisas realizadas no Centro para a Programação Fetal, no Statens Serum Institut de Copenhagen na Dinamarca, publicado na revista da Associação Americana do Coração relatou que o risco de mulheres em idade reprodutiva terem distúrbios cardiovasculares é muito menor em quem consome ômega 3 do que naquelas que não consomem.

Suplementos Com Ômega 3 Funcionam?

Ainda segundo Claudio Marcio, pessoas que não gostam de peixe, tem a possibilidade de encontrar suplementos que podem ajudar nesta ingestão de ômega 3, dentro deste contexto, o ÔmegaPURE é um suplemento a base de óleo de peixe, fabricado na Alemanha, que possui determinadas características que o torna único no mercado nacional sem qualquer similaridade com nenhuma outra marca.

Características Técnicas do Ômega PURE:

  • É a maior concentração de ômega-3 na menor cápsula do mercado, ou seja, cada cápsula do OmegaPURE de 500mg contém 450mg de ômega-3, isto é, 90% de puro ômega-3 sem qualquer adição de outras gorduras
  • Cápsulas gastro-resistentes que impede que a cápsula seja desintegrada no estômago, que tem menor absorção do ômega-3, evitando assim refluxo, sabor e hálito de peixe após a ingestão.
  • Desta forma, o Ômega-3 em sua forma pura, é liberado somente no intestino onde ocorre sua maior absorção pelo organismo humano.
  • Tecnologia de ponta alemã no processo de purificação (Certificado Internacional e Nacional REBLAS), livre de contaminação, sem metais pesados (cádmio, chumbo e mercúrio), dioxinas e PCBs.

Benefícios Para o Cérebro:

A Northumbria University, do Reino Unido, em recente pesquisa sobre o consumo de peixes ricos em ômega 3, definiu que se trata de um alimento que melhora a circulação cerebral, diminuindo os riscos de demência ao envelhecer, sem contar no desenvolvimento escolar em crianças e adolescentes.

Os riscos de um indivíduo desenvolver Alzheimer também é minimizado através do consumo de ômega 3, além de diminuir o cansaço mental, insônia e ansiedade, ainda segundo pesquisa da universidade do Reino Unido.

Converse com o seu nutricionista e peça orientações sobre o ômega 3 antes de iniciar o tratamento.

Assessoria de Imprensa Minha Nutri – comercial.minhanutri@gmail.com

 

 

Share This:

Depoimento Cirurgia Bariátrica: “110 quilos, esse foi o número que eu vi na balança quando me assustei”

Olá amigos da Minha Nutri, hoje iremos publicar um depoimento que recebemos de uma leitora, a Tamis Doria do Blog Trajeto Aleatório (segue aqui o insta: @bariatricandotamis). Ela nos contou como foi ter feito uma cirurgia bariátrica e a importância de uma reeducação alimentar para melhorar a saúde e qualidade de vida.

Boa leitura a todos! O depoimento está na íntegra.

“Quando eu decidi fazer a cirurgia bariátrica, eu não estava em crise com o meu corpo, não me sentia inferior a ninguém, era modelo plus size de passarela e fotográfica. Mas eu não estava mais tão feliz assim. Quando me olhava no espelho, não chegava a detestar o que via, mas eu não estava mais me amando, afinal de contas todo mundo tem problemas com o próprio corpo. E eu tinha vários.

Sempre fui a favor do amor próprio, de amar o seu corpo, mas as pessoas confundem se amar com se conformar, não adianta ter um corpo que não gosta e dizer “Ah, deixa assim mesmo, tá bom, não tem como mudar”.

Sou a favor de se amar do jeito que acha mais bonito, se você pesa 180 kg e se acha a pessoa mais linda do mundo, qual o problema? Se você não gosta daquela barriguinha extra, qual o problema de entrar na academia e fazer 500 abdominais pra tirar?

Temos que ir em busca nosso amor próprio, nos moldar para o nosso próprio padrão e não o padrão que a sociedade diz que é bom.

O maior problema estava estava na minha saúde, a partir do momento que a minha saúde estava sendo afetada a história mudou, pensei “Ôh, espera aí, já chega, sou uma bomba relógio e posso morrer a qualquer momento!” A minha pressão arterial estava chegando em 18/9 (gritos!) e o histórico da minha família nunca foi favorável: Infarto, diabetes, derrame, insuficiência renal, enfim… Me assustou.

Antes e Depois da Tamis:

A minha mãe fez a bariátrica há 6 anos e estava um tanto relutante por conta das coisas que ela passou quando ela fez, a cirurgia era um pouco mais complicada, mas ela viu que seria o melhor para mim. Mas eu pensei “Pow, vou sucumbir a uma cirurgia para me deixar com padrões impostos por essa sociedade preconceituosa? Só para me encaixar em na maioria?”. Mas eu não estava pensando no que eu queria, eu queria emagrecer? Sim! Queria sim! Não para as pessoas me verem magra, mas eu queria entrar naquela calça amarela que eu tinha quando mais nova e que não cabia mais no meu joelho. E ainda melhoraria a minha saúde, pois a pressão estava alta por conta da quantidade de gordura. Então porque não fazer? Decidi!

Para fazer a cirurgia, eu precisei ser indicada por médicos, quem me indicou foi o cardiologista quando viu minha pressão arterial, disse que seria a melhor opção. Em seguida, fui direto para o cirurgião para conversar sobre a cirurgia . Ele me encaminhou para uma bateria de exames e diversos outros médicos, endocrinologista, psicólogo (acredite, é muito preciso!) e nutricionista. A cirurgia só estaria liberada para mim se todos esses médicos fizessem um relatório dizendo que eu estava apta a fazer a bariátrica. Não tive problemas com isso pois eles viram que eu estava decidida e seria bom para mim.

Em pouco tempo, o que foi sorte, pois tem gente que passa um ano para ter a liberação, demorei no máximo 4 meses, o que mais demorou foi a liberação do plano de saúde. Então, fiz a cirurgia. Meu método foi o Bypass, que cria um desvio do estômago direto para o intestino. Tenho só 6 pontinhos de cicatriz na barriga.

No hospital, fiz dois dias de fisioterapia para não sentir dores e liberar os gases que são colocados durante a cirurgia (se prepare para soltar muitos ‘punzinhos’ se for fazer a cirurgia haha) e foi uma salvação pois realmente me livrou das dores, não senti mais nada depois disso. Aliás, a únicas dores que senti foi assim que acordei da anestesia, parecia que eu estava sendo cortada por dentro, mas minha mãe não sentiu essa dor, então vai e cada pessoa.

No meu pós cirúrgico, apesar de não sentir dores, eu estava perdendo muitos nutrientes porque além de não poder comer e não conseguir ingerir os líquidos, eu estava menstruada, então fiquei muito fraca e tive alguns desmaios, assim que a menstruação suspendeu, os desmaios também foram embora.

A dieta é muito limitada, os primeiros 15 dias, só é permitido líquidos em copinhos de café, mas isso já parece muito pois eu não conseguia colocar nem isso pra dentro. Os próximos 15 dias são de líquido mais encorpado: Sopa batida no liquidificador, gelatina, mingau e coisas assim.

Em seguida vem a dieta pastosa, que já passa pra macaxeira amassada, purê, arroz papinha. Tudo bem molinho.

Sólido mesmo, só depois do 1º mês e meio. Mas nunca passei fome, até porque eu não sentia nem vontade de comer, não é um martírio.

O meu progresso foi e ainda está sendo ótimo, na primeira semana eu perdi 10kgs! Foi realmente rápido, minha até achou que eu estava com algum problema. Com 2 meses eu já havia eliminado 21kg.

Hoje estou com 11 meses de cirurgia e eliminei 45kg! Cheguei na meta que o médico colocou, a partir de agora eu preciso manter. Minha auto estima melhorou 110%. Voltei a fazer uma das coisas que mais amo e mais me fazer feliz, dançar! Faço Zumba duas vezes por semana. Me sinto mais bonita sim, estou mais confiante e o mais importante de tudo: Com saúde!”

Mais Fotos de Tamis Doria:

Share This:

Alimentação Hipercalórica – Benefícios e Contras da Dieta Para Aumentar A Massa Muscular

Como vocês sabem, durante todo o mês de março, a nutricionista Luma Monteiro está ao vivo todos os dias em sua fã page com o programa 24 Atitudes Magras. Pensando nisso e de acordo com algumas perguntas que temos recebido no blog, convidamos o especialista Dr. Anderson Silveira para falar a respeito de alimentação hipercalórica, bem como seus benefícios e contras.

Muitas pessoas não sabem corretamente como funciona uma dieta hipercalórica e não entendem as principais diferenças entre ganhar massa muscular e emagrecer, pois apesar de parecer ser simples, sem uma orientação adequada pode causar muitas dúvidas e erros. Não obstante disso, é que facilmente encontramos algumas pessoas falando que basta comer pizza e demais massas para ajudar no processo de ganho de peso e outras afirmando que comer pouco ajuda a secar. Sem contar que basta entrar na academia para uma pessoa querer tomar todos os suplementos disponíveis, mas será que você sabe para que serve cada um deles?

suplementos que ajudam na perda de peso, muitos nutricionistas utilizam fitoterápicos para potencializar este processo e há suplementos hipercalóricos como o famoso Whey Protein que ajudam a quem quer ganhar massa muscular magra. Pode parecer fazer sentir sentido comer muito para ganhar massa e comer pouco para emagrecer, mas não é tão simples assim. Para alcançar um perfeito estado de saúde e boa forma é preciso levar em conta a qualidade de vida e isso só é possível com a ajuda e a orientação profissional.

Ao passo que o ganho de peso está relacionado intimamente com o consumo de gorduras boas e carboidratos, quem pensa em reduzir o sobrepeso precisa fazer justamente o contrário, comer menos calorias, mas sem deixar de se nutrir bem. Isso porque emagrecer não é sinônimo de privação de alimentos, uma vez que até mesmo o que comemos nos serve de energia e combustível para atingir o peso idealizado.

Exatamente por isso que quando uma pessoa se propõe a uma dieta hipercalórica ou de emagrecimento precisa procurar um nutricionista para realização dos exames e programas nutricionais correspondentes as metas e possibilidades de cada pessoa.

Segundo o Dr. Anderson Silveira, 37 anos, professor e pesquisador do Departamento de Ciências Fisiológicas da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, “a dieta hipercalórica representa uma das muitas estratégias para atletas e praticantes regulares de exercícios, com o objetivo de ganho de massa corporal”, explica.

Se uma pessoa decide ganhar massa comendo o que quer, pensando que se é para ganhar peso, que seja comendo besteira, é possível desenvolver uma série de doenças que podem  prejudicar a muito a saúde.

Os riscos de uma dieta hipercalórica já são latentes quando a mesma é feita corretamente, com a ajuda de especialistas para montar um plano alimentar que corresponda aos objetivos, sendo assim, quando realizada de maneira errada, os riscos são ainda maiores. Dr. Anderson ressalta que “este tipo de dieta já representa um risco quando não orientada por um nutricionista. Uma vez que, o período de duração e balanceamento dos macronutrientes deve ser estudado cuidadosamente, pois devido ao excesso de carboidratos, gorduras e proteínas contidas neste tipo de dieta, existe a possibilidade de prejuízos a saúde, além do risco elevado de aumento da massa de gordura corporal em vez de massa muscular”.

Ou seja, se feito sem orientação, é mais fácil engordar do que ganhar massa muscular. Justamente por este motivo que existe uma linha muito tênue entre fazer dieta hipercalórica e comer o que quiser na tentativa de aumentar o peso.

É possível perder gordura e aumentar a massa muscular ao mesmo tempo na academia?

Para o especialista em Fisiologia da UFRRJ, os modelos de treinamento para promover o emagrecimento, especialmente em curto espaço de tempo, utilizam uma organização de volume e intensidade dos exercícios, que por questões fisiológicas e pela via de sinalização celular ativada por este modelo de treino, não são capazes de potencializar grandes ganhos de massa muscular concomitante a perda de gordura corporal, além da restrição calórica que é comum para quem deseja emagrecer, o que também contribui para este fato.

Isto é, dependendo do seu objetivo, o ideal é primeiramente procurar um nutricionista para esclarecer dúvidas e montar planos que sejam capazes de atingir as metas esperadas. Tudo isso também está relacionado com o tempo disponível para prática de exercício do aluno, bem como adequação ao programa montado pelo nutricionista.

Benefícios da dieta hipercalórica:

  • Maior resistência e força às praticas de exercícios.
  • Aumento de massa muscular e consequentemente definição dos músculos.
  • Ganhar massa magra também está relacionado com o aumento da autoestima.

Contras da dieta hipercalórica:

  • Refluxo gastroesofágico e náuseas
  • Desconforto gastrointestinal.
  • Em longo prazo pode sobrecarregar rins e fígado.

“Diversos estudos, tanto em animais, quanto em humanos demonstram claramente que dietas ricas em carboidratos e gorduras estão principalmente associadas ao desenvolvimento de síndrome metabólica, que é caracterizada por aumento da circunferência abdominal, dislipidemia, alteração da glicemia e pressão arterial”, avalia o Dr. Anderson Silveira.

Dentro deste contexto, é correto afirmar que os distúrbios metabólicos provocados pela dieta hipercalórica pode aumentar o risco de desenvolver diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares. Logo, o consumo excessivo destes marcronutrientes é contraindicado para quem já possui algum tipo de doença no coração ou metabólica.

Vale lembrar que por mais que tentemos modificar a estrutura muscular e esquelética do nosso corpo, há limites biológicos a serem levados em consideração. Somente substâncias ilícitas são capazes de modificar tal limite, entretanto, com uma dieta hipercalórica é possível, por meio de nutrientes, proteínas e aminoácidos, adaptar e aumentar a musculatura, mas nunca ultrapassar os limites do biotipo de cada pessoa.

 

Assessoria de Imprensa Minha Nutri – comercial.minhanutri@gmail.com

Share This:

“Estava ficando viciada no sorvete do Mc Donalds”, diz nutricionista que emagreceu 14kgs

Luma Monteiro criou as ’24 Atitudes Magras’, uma série de vídeos que conta como saiu dos 74kgs para 60kg somente fazendo escolhas inteligentes.


Luma Monteiro, 30 anos, empresária da Minha Nutri, assessoria em nutrição do Rio de Janeiro, revela como foi que engordou mesmo sendo nutricionista e se preocupando com a saúde, fato inerente à sua profissão. “Tudo começou depois que comecei a namorar. Os passeios eram para restaurantes, final de semana comíamos pizza. Estava ficando viciada no sorvete do Mc Donalds”, recorda.

Um dos maiores desafios, para Luma Monteiro, é trabalhar em cozinha industrial. Como ela possui uma assessoria em nutrição, sua especialidade é realizar cardápios e consultoria nutricional para empresas, ou seja, ela precisa provar os menus que desenvolve. De acordo com a nutricionista: “isso me fazia comer ainda mais porque passava o dia inteiro provando comida e quando era boa, acabava comendo uma quantidade maior. Este é um problema da profissão, pois o nutricionista que trabalha com produção precisa estar em alerta o tempo todo senão acaba exagerando”, avalia.

Mas, nem por isso a nutricionista deixa de amar o que faz. Ela apenas mudou suas atitudes no trabalho e nos passeios que realiza, deixando assim, de comer besteiras o tempo todo.

Perigos das dietas malucas e radicais da internet:

“Eu não sou a favor das dietas radicais, estas privações que muita gente faz sem saber o motivo, só porque viu na internet. O melhor a ser feito é realizar um emagrecimento consciente, com reeducação alimentar e atividade física como um estilo de vida e não apenas para emagrecer”, ressalta Luma.

Quando uma pessoa inicia um processo de reeducação alimentar, o organismo começa a se adaptar ao novo peso e evita a compulsão alimentar. É muito complicado você cortar de uma hora para outra tudo o que comia se você não está certo de que aquilo ali é realmente necessário para a sua saúde. O risco de ter uma recaída é grande e só vai piorar a situação.

Luma Monteiro disse que tudo foi muito rápido, que passava os dias comendo besteira e quando percebeu já estava no limite da normalidade de IMC, Índice de Massa Corporal. Ela chegou a atingir 24,9 de IMC e se assustou. Foi então quando começou a melhorar sua alimentação e voltou a fazer atividade física.

Vale lembrar que não estamos aqui falando de nenhuma dieta milagrosa, nenhum medicamento que vai fazer você perder muitos quilos de uma hora para outra, pois isso não existe. Este tipo de informação só leva as pessoas a caírem em contos falsos na internet, depoimentos que não existem de pessoas que conseguiram emagrecer em uma semana. De acordo com Luma, não é assim que funciona.

Segundo a nutricionista, não foi um emagrecimento rápido, todo o processo demorou um ano, mas em compensação ela não vive com medo de ter efeitos negativos como engordar tudo de novo, o que geralmente acontece quando uma pessoa toma medidas desesperadas para perder peso rapidamente.

“Todos os dias eu abria uma exceção para comer uma porcaria e isso acabou virando uma rotina sem que eu pudesse perceber. Os nutricionistas que trabalham com produção vão se identificar comigo porque eu sei que este é um problema que muitos estão passando. Mas, eu acredito que o mais importante de tudo é você ter consciência dos erros que está cometendo com a sua saúde e começar a mudar”, avalia Luma.

24 Atitudes Magras Para Perder Peso Depois do Carnaval:

Por isso que a nutricionista acaba de montar uma série de vídeos que irá ao ar ao vivo no Facebook, a partir do dia 6 de março. Logo após o Carnaval, para que todo mundo possa começar a desenvolver suas atitudes magras mesmo tendo exagerado um pouquinho durante a folia.

As 24 Atitudes Magras foi o que ajudou Luma Monteiro a restabelecer sua saúde, bem como seu peso ideal e agora ela vai compartilhar com vocês todas estas dicas. A cada dia ela abordará um tema, o qual é essencial para manter um estilo de vida mais saudável. Você não pode perder.

A série será veiculada ao vivo no ‘Live’ todos os dias, às 15h, na página oficial da Minha Nutri no Facebook.

Serviço:

O que: ’24 Atitudes Magras’, uma série de vídeos ao vivo que contará quais são as atitudes que todos devem tomar para emagrecer com saúde. A série será veiculada ao vivo no ‘Live’ todos os dias na página oficial da Minha Nutri no Facebook.

Quando: A partir do dia 6 de março de 2017, às 15h.

Onde: Página Oficial Minha Nutri no Facebook: www.fb.com/minhanutri

Share This: